segunda-feira, 16 de abril de 2012

Encarte do canto desejado - Como, quando e por que o seu curió NÃO aprende a cantar.

Olá amigos.

A convivência com os curiós é a maneira mais prática para conhecê-los, aprender empiricamente suas manias e costumes, qual a melhor forma para o manejo adequado, seja na reprodução de filhotes ou no encarte do canto desejado pelo seu proprietário. 
Seria pretensão demais dizer que sabemos tudo sobre curiós, pois comparando com o ser humano, cada um tem suas características e personalidade própria, no caso os curiós, principalmente na reprodução e no encarte do canto, é a convivência e a observação que nos faz a cada dia aprendermos mais sobre esse maravilhoso pássaro.
Hoje em dia existe no país milhares de curiós, que com paciência, persistência e exaustivo treinamento do proprietário, encartaram um canto perfeito, coisa que no passado poucos curiós aprendiam a cantar com perfeição.
Todos sabem que um curió bom de canto, com o encarte regional desejado pelo seu proprietário, não se faz da noite para o dia, depende de muita persistência, paciência, dedicação e treinamento adequado empregado pelo seu proprietário.
De nada adianta você adquirir um curió de um criador idôneo, de uma excelente linhagem genética e não empregar os três procedimentos básicos e essenciais: paciência, dedicação e treinamento.

- Maneira errada: Adquirir um curió com 1 ano ou mais, que foi criado entre outros pássaros, tipo azulões, coleiros, canários da terra, canários belga, etc. nunca ouvindo ou raramente ouvindo um Cd do Canto desejado pelo adquirinte. 
Aquirir um curió que foi criado entre outros curiós, no mesmo cômodo de fêmeas e filhotes pialando, mesmo ouvindo CD, pois os pialados das fêmeas e filhotes irá distraí-lo e com certeza o curió não irá se concentrar no Cd de Canto e consequentemente não irá aprender a cantar. 
Ter sido criado ouvindo o pai cantar um canto imperfeito, com canto grego ou cantando com omissão de algumas notas.

- Maneira correta: Adquirir um curió filhote, com 40 dias até no máximo 3 meses, se possível fazendo antes da aquisição uma visita ao criatório, verificando se o criador de curió dispõe no criatório de ambientes separados, com sala das fêmeas solteiras, sala dos galadores, sala maternidade (local onde as fêmeas chocam os ovos e nascem os filhotes), sala dos filhotes machos, sala das filhotas fêmeas, preferencialmente com isolamento acústico entre os cômodos ou distantes um do outro, de forma que os curiós de uma sala não sejam ouvidos pelos curiós de outras salas. 
Adquirir filhotes de boa genética, de preferência que seja filho ou irmão de curiós que já se destacaram em torneios ou já apresentaram bom resultado no encarte de canto. 
Se você preferir adquirir um curió já encartado com o canto desejado de Escolas/Academias de Canto, conhecer as técnicas e táticas que foram usadas no encarte do canto e se possível conhecer e ouvir o curió cantando em videos no You Tube, sendo que, neste caso, o curió poderá ser pardo ou preto, com qualquer idade. Existem curiós muito bons com canto perfeito já encartados em Escolas/Academias de Canto. 
Se for adquirir um curió já encartado de um mantenedor, fica fácil, basta conhecer e ou ouvir o curió cantar, observando a perfeição no canto, a melodia, o andamento e o balanço e se é repetidor ou não.

Muitas pessoas leigas, adquirem um curió filhote, com 40 dias, filho de curiós que já tiveram outros filhos que já se destacaram no canto, de excelente genética, de criatório com ambientes separados, achando que seu curió terá um canto correto, sem erros, não empregando os três procedimentos básicos: paciência, dedicação e treinamento.

- Maneira errada: Criar seu pardo ouvindo o canário belga do vizinho cantando o dia todo ou ouvindo outros pássaros, principalmente o "pardal" pássaro comum em todos os telhados e jardins de quase todas as residencias de nosso país. Criar seu pardo numa elegante estaca branca e dourada em sua sala de estar, com o Cd tocando de maneira correta, ligado por 30 minutos e desligado por 30 minutos, porém com um erro drástico, a TV ligada ou música tocando junto com o canto do Cd, o que ocasionará com certeza, um aprendizado deficiente, fazendo com que o seu pardo aprenda o canto, porém omita algumas notas ou mesmo não aprenda a cantar. 
Nunca deixá-lo na cozinha ou em banheiro azulejado, pois o filhote aprenderá a cantar com som metálico ou musicado, devido a acústica do som. 
Outro erro que é comum acontecer, muitos proprietários levam seu pardo passear com 2 a 3 meses, em praças ou na casa de amigos, afastando-o de seu pequeno território, no caso a sua casa, o que deixará o curió assustado e estressado, devido ao local estranho e desconhecido que se encontra.

- Maneira correta: Criar seu pardo em um cômodo de sua casa destinado unicamente para esse fim, com capa na gaiola, deixando a parte da frente da capa aberta, com  iluminação anema e com um aparelho de encarte ligado das 06:00h às 18:00h, tocando por 30 minutos e desligado por 30 minutos com um rádio ligado em uma FM durante esse intervalo. Caso não seja possível acomodá-lo nesse cômodo, deixá-lo durante o dia no seu quarto ou no quarto de um filho, também com capa semi aberta na gaiola, com iluminação anema, com o aparelho de encarte ligado e com a porta e janela fechada, retirando o pardo a noite para pernoitar em um ambiente escuro. 
todas as manhãs de sol, deixá-lo de 3 a 5 minutos no banho de sol, de preferência bem cedo que o sol não está tão quente. Após recolhê-lo, trocar a água do bebedouro, colocar uma banheira com água na gaiola, retirando a banheira após o banho.
Indispensável falar que a maneira mais prática que existe no encarte do canto é criá-lo em um estúdio acústico, empregando a técnica correta, porém, nem todos tem espaço ou condições de construir em sua casa um estúdio acústico.
(Estúdio acústico: pequeno cômodo revestido com Espuma acústica perfilada, com janela e com porta revestida com borracha ou E.V.A. para evitar entrada de som externo).

Ter muita paciência, como diz um provérbio chinês: 
"Um momento de paciência pode evitar um grande desastre; um momento de impaciência pode arruinar toda uma vida", portanto, não ter pressa em ver e ouvir seu pardo soltar o canto. Ter paciência e persistência é primordial no encarte do canto para quem quer ter no futuro próximo um bom curió.

Ter muita dedicação, não medindo esforços no que se refere a cuidados e manejos, empregando ao seu pardo uma alimentação balanceada com mistura de sementes para curió, dando ovo cozido moído com um garfo ou passado em uma peneira misturado a farinhada, dar bastante verdura e trocando água todos os dias, indispensável falar também na higiene da gaiola, a qual deverá ser limpa todos os dias para evitar doenças ou piolho que poderá afetar a saúde de seu pardo.

O treinamento é fundamental no aprendizado do encarte de canto, como exemplo, lembre-se que um atleta não é campeão por acaso, ele é bom e venceu porque seu treinador empregou técnicas e táticas adequadas, num treinamento demorado. Assim acontece com o seu pardo, para ter um canto correto e perfeito, sem erros, dependerá única e exclusivamente do treinamento técnico que será empregado por você. 
Como já mencionei, não deixá-lo ouvir outros pássaros, mantê-lo em um ambiente específico, aparelho de encarte ligado das 06:00 às 18:00h, ligando por 30 minutos e desligado por 30 minutos com rádio FM ligado nesse intervalo, só tirá-lo de seu pequeno território (cômodo da casa), colocando-o na varanda, sacada do apartamento ou levando passear de carro e expor ao público em uma praça, quando tiver soltado o canto e com canto firme e correto. Para um curió firmar o canto, varia muito de curió para curió, podendo demorar 6 meses, 8 meses ou até mais de ano.

Apesar de eu nunca ter participado de torneios de canto, devido a falta de tempo em virtude de meus afazeres profissionais, já encartei muitos curiós que deram bons com canto perfeito, em contrapartida, no passado já tive curiós ruins de canto, em consequência da falta de conhecimento na época.

Já aprendi muito com os curiós, porém ainda não sei tudo e tenho muito que aprender ainda. Não sou dono da verdade e sei que alguns curiozeiros experientes vão contestar alguma coisa que mencionei acima, mas os curiós são um enigma e só aprenderemos se convivermos com eles e observarmos o seu comportamento e a sua personalidade.

Desejo a todos uma boa sorte e sucesso no encarte de seu pardo.

Um abraço!

Vilson de Souza - Navegantes-SC. 
(Autorizado a cópia deste Artigo para Blogs e Sites, desde que seja citado o nome do autor e a fonte).

8 comentários:

dymasoris disse...

miuto bom exelentes dicas.voupassar pra meu pai, ele vai gostar, meu pai ja tem pardo cantando praia depois eu vou postar um video e se posivel o sr. da uma opiniao...

Dimal almeida












[

Vilson-Gladiador disse...

Olá Dimal.
Pode mandar o URL do video do curió pardo de teu pai.
Um abraço!

SOPARN disse...

Olá Vilson

Excelentes dicas vou publica no Blog da SOPARN, SOCIEDADE DE PASSARICULTORES DO RIO GRANDE DO NORTE.
curio soparn

José Arimateia.

Gustavo Douglas disse...

Muito bom este post . Parabéns. Abraço.

RAFAEL LACAVA disse...

Boa noite,Sr Vilson!
Otima materia rica de informaçoes.
Ano passado tentei encartar trez pardos,respeitando idade e todos os requisitos para nao errar tanto.Todos os trez aprendeu o praia classico, o que me deu uma grande alegria pois mostrou que meu programa esta certo, vamos dizer em teoria, pois trez somente nao mostra muito, mas nao tenho espaço que me permita mais.Descartei os dois inferiores em voz e repetiçao, ficando com o melhor.Este pardo quando em convivio com os outros repetia muito, onde chegou a passar 15 samaritas, mas sua media de 5 samaritas.Hoje vivendo so seu desempenho caiu muito no fator de repetiçao o que me faz pensar em estimular o pintado com uma femea jovem, coisa que na fiz.
Gostaria de uma ideia do Senhor a respeito.
Um abraço.

Henrique Silva disse...

excelente matéria servira muito em meu inicio de careira com encarte

consulta disse...

Ótima matéria, também tenho tido excelentes resultados no encarte, com filhotes adquiridos do Sr. Olívio Nishiura.

Cosme Campos

ulisses cassio do nasimento disse...

otima materia,agora vou errar menos.

Postar um comentário