quarta-feira, 1 de junho de 2011

Curió Muralha - Óbito de um grande campeão.


Lamentavelmente comunico a morte do Curió Muralha, ocorrido no último dia 24 maio de 2011. Segue abaixo texto do nosso amigo e colaborador, Junichi Yonemura.


” Existem vários registros que comprovam a passagem de um Curió chamado Muralha, que encantou a todos com o seu supermavioso canto em nosso meio, tendo sido desde pardo um Grande Campeão. Esse deixa o seu nome gravado para a eternidade, pois, ao citar os melhores curiós, obrigatoriamente deverá estar incluído.
Ficam também em minha memória, várias lembranças de cantadas excepcionais em estaca, onde tive o privilégio de ouví-lo em ambiente de julgamento.

Ao Dr. Pêcego (formador), ao Sr. Dimas - Mineirinho (criador), e ao Sr. Israel, a Sra. Perla e Gabriel (proprietários), os nossos sentimentos.

Todavia, devem sentir-se orgulhosos de terem conduzido um pássaro de tamanha dimensão. Dentre vários títulos, em sua despedida, arrebatou o Torneio dos Campeões de 2010. ”

JUNICHI YONEMURA

Fonte: www.curiopraiaclassico.com.br

Veja abaixo comentário do Sr. Antonio Pêcego, em entrevista com o Editor deste Blog, sobre o Curió Muralha:
O Curió Muralha foi criado pelo meu amigo Dimas do Criadouro Mineirinho de Pouso Alegre/MG, tendo me presenteado ele quando tinha 36 dias de vida.  As técnicas de encarte variam conforme o pardo que você tem na mão, notadamente o seu comportamento e genética que carrega, daí que não há uma fórmula matemática, mas sim alguns cuidados básicos, como forçosamente o deixar em local de boa acústica, com bom equipamento de som, que inclui falante e CD, de luminosidade amena, esta que pode ser controlado por meio de capa e/ou cortinas, enfim o assunto é tão extenso que só num livro para tecermos os detalhes, aliás, coisa que meu filho mais velho me incentiva a fazer, quem sabe daqui uns anos.  O Muralha nasceu em 15/12/2006, tendo comigo sido campeão brasileiro com repetição em 2007, quando pardo.  Em 2008, já preto, fomos campeões brasileiros no praia grande clássico com repetição e campeão do torneio dos campeões na mesma temporada, feito triplamente inédito, isto porque nunca houve nenhum curió pardo que no seu primeiro ano de preto tenha sido campeão brasileiro na principal categoria, ou seja, no praia grande clássico com repetição que lhe valeu o famoso Troféu Ana Dias, bem como cumulativamente sido o campeão do torneio dos campeões, isso ainda depois de ter sido campeão brasileiro de pardo, isto tudo pela FEBRAPS.  Agora, nas mãos do meu amigo pessoal Israel desde agosto de 2009 que, se diga de passagem, vem fazendo um brilhante trabalho como mantenedor, veio a se consagrar mais uma vez campeão do torneio dos campeões em 2010, agora pela FEOSP.


Veja Abaixo Videos em homenagem ao Curió Muralha elaborados pelo Editor da Revista Passarinheiros & Cia:
Clique PAUSE ou STOP no Audio do Canto Praia Grande Clássico (ACIMA,  NO INÍCIO DA PÁGINA) para assistir os Videos.

3 comentários:

Czar disse...

fiko muito triste de saber da partida de um grande campeão.Meus sentimentos aos mais próximos do muralha e meus parabens pelo grande feito desse pássaro... Muralha pra sempre na memória.

billy disse...

Fiquei triste, em saber que um grande passaro teve um fim precosse, aki fica meus pêsames, e seja criador como foi antes Sr. Antonio Pêcego, que você terá grandes passaros em seu plantel.
Muralha

laercio Araujo disse...

Fiquei encantado com o canto do curió, gostaria que se auguem tivesse só o áudio do canto passa-se para o meu e-mail: laerciobrejo@gmail.com. obrigado e grato pela atenção.

Postar um comentário